Áudio no WhatsApp é bom?

3 de agosto de 2021

Áudio no WhatsApp é bom?

Eis aí uma excelente pergunta. Bom ou ruim? Mas, tratando do uso do aplicativo na hora de vender é essencial falar sobre esta funcionalidade tão polêmica. Afinal olha só que outra ótima questão! O áudio no WhatsApp é melhor para você ou para o cliente?

A minha reação quando soube que poderia ouvir áudios acelerados foi de alívio. Eu confesso! E isso se deve a minha observação que algumas mensagens podem ser mais objetivas e com isso otimizar meu tempo. Sabe aquela “lenda corporativa” de que essa reunião poderia ter sido um e mail? Pois é! Vejo outro mito sendo criado nas empresas:

Esse áudio poderia ser uma mensagem curta.

Eu uso mensagem de voz com moderação. Entendo que ela pode prolongar a conversa, pois estimula quem está do outro lado a querer mais. E falar muito nem sempre é falar bem, né? E agora eu te pergunto: quando o áudio no WhatsApp é longo isso é bom ou ruim?

Hoje mesmo estava iniciando um treinamento e recebi uma mensagem. Retornei e logo em seguida recebi um áudio e depois outro e outro. Responder ou não responder? Eis a questão!

Percebe que preciso ouvir com cuidado e interesse para dar uma resposta adequada? Se não respondo (afinal meu treinamento já estava começando) deixo uma sensação que sumi ou não dei a devida atenção que merece! Se retorno naquele momento corro o risco de não ser assertiva. Esta mensagem de áudio no WhatsApp é boa pra quem? Para mim ou para o cliente?

É claro que não temos como controlar como as pessoas falam conosco pelo WhatsApp. Mas para deixar as conversas mais objetivas respondo os áudios que recebo com texto. Isso mesmo! Me manda áudio e eu te respondo com texto.

E se a conversa se prolongar eu tenho duas opções. A primeira é ligar! Afinal quem está com disponibilidade para falar via áudio tende a estar mais disponível para atender. E a segunda opção que uso quando não tenho tempo ou preciso responder de forma mais elaborada é dar uma “resposta não resposta”.

Envio uma mensagem curta apenas para demonstrar que vi (e minimizar uma eventual ansiedade), mas não consigo continuar interagindo naquele momento. Algo como: “Estou entrando em um treinamento agora e te retorno no final do dia”.

Eu escolhi usar o áudio em situações específicas quando sei que vai me ajudar atingir o resultado. E você? O que acha? Afinal o áudio é bom ou ruim?

Para mais dicas me siga nas redes sociais – CLIQUE AQUI

Este post foi escrito pela Consultora Fafita Lopes, especialista em Prospecção e Vendas por telefone e WhatsApp e atendimento ao cliente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook

Mais para explorar