Quem já ouviu falar no cliente interno?

6 de dezembro de 2017

Quem já ouviu falar no cliente interno?

Quando penso em Foco no Cliente, a primeira coisa que me vem à mente é o cliente de meu serviço ou produto -o que normalmente chamamos de cliente externo, e consequentemente, as indagações do tipo: o que posso fazer por ele, quais os benefícios ele obtém do meu serviço ou produto,como antecipar seus desejos e dificuldades e saná-los. Ou ainda: como mantê-lo fiel e continuar comprando de mim, o que devo fazer de diferente para conquistá-lo, garantir sua permanência e volta à minha empresa… e por aí vai.

Mas, como profissional de RH, eu volto meu pensamento ao cliente interno. Exatamente. Por que as empresas gastam muitas vezes uma fortuna para atender e encantar o cliente externo e esquecem completamente do cliente interno. Em minha jornada de mais de 20 anos como profissional de RH percebi que empresas de sucesso entendem que cliente não se trata exclusivamente daqueles que compram o serviço ou produto, mas também aqueles que fazem a mágica acontecer.

Dentro das organizações todos somos fornecedores e clientes um dos outros. Eu acho que essa é a grande sacada para o sucesso completo de uma empresa. E aí eu volto a pensar.

Por que então algumas empresas não pensam o que podem fazer para seus colaboradores para que eles se sintam bem, acolhidos, motivados, desafiados, com espírito de time e informados? Por que será que algumas empresas não antecipam os anseios e ansiedades de suas equipes tornando mais fáceis os processos, mais diluída a comunicação, mais transparente as informações? Por que o trabalho tem que ser árduo, sem propósito e mecânico?  Qual a razão de não celebrar as conquistas, comemorar as datas importantes transformando o ambiente de trabalho em um local mais prazeroso e agradável?

Pra mim, essas seriam práticas que com certeza  fariam toda a diferença para aqueles que dependemos o sucesso da empresa, para aqueles que devem estar felizes, engajados e preparados para atrair, reter, encantar e focar no cliente externo.

Este post foi escrito pela consultora Tânia Bueno que atua como consultora e mentoring , liderando projetos que incluem desenho, elaboração de estratégia e operacionalização dos processos de RH que focam em pessoas, objetivando transformações e crescimento do negócio – www.taniabueno.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Compartilhe este post

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook

Mais para explorar